RT-PCR ou sorológico? Entenda as diferenças entre os testes para a covid-19

RT-PCR ou sorológico? Entenda as diferenças entre os testes para a covid-19

Para a maior confiabilidade dos resultados não basta ter os testes em mãos: é preciso saber a hora certa de aplicar e em qual situação. Considerado o “padrão ouro” ou “padrão de referência”, o RT-PCR é o exame que identifica o vírus e confirma a covid-19. Deve ser realizado no início da doença, especialmente na primeira semana, quando o indivíduo possui grande quantidade do vírus . Se o vírus for pesquisado muito precocemente, o indivíduo pode estar infectado, mas ainda sem vírus detectável (resultado de RT-PCR falso-negativo). O mesmo resultado pode ser encontrado se a amostra for coletada após o desaparecimento do vírus.

Enquanto o RT-PCR deve ser realizado no início da doença, os testes sorológicos devem ser feitos mais tardiamente, a partir do sétimo dia de sintomas, quando a quantidade de vírus diminui progressivamente e o indivíduo produz anticorpos contra o vírus. O uso de testes sorológicos, até o momento, é mais indicado para auxiliar a identificar grupos ou populações que já tiveram contato com o vírus.

 Já os testes rápidos podem apresentar incertezas quanto à sua precisão em relação à confiabilidade dos seus resultados. Há relatos de falso positivos ou falso negativos.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Open chat
Fale com o Diagnóstico agora!